sexta-feira, 7 de outubro de 2011

ALICE E O GATO



Alice e o Gato

Pedro Fagundes Azevedo



Há pessoas que levam a vida no estilo que sugere o diálogo entre Alice e o Gato, no conto de Lewis Carroll “Alice no País da Maravilhas” que é assim, em rápidas pinceladas :

Alice pergunta: Você pode me dizer, por favor, que caminho eu devo tomar a partir daqui?
Isso depende muito de onde você quer chegar, diz o Gato.
Eu nem ligo muito para onde, responde a menina.
Então não importa o caminho que você escolher, pondera o bichano.

Desde que eu chegue a algum lugar", acrescentou Alice como explicação.

Oh, esteja certa de que acontecerá isso", disse o Gato.

E concluiu: "Só que você vai ter andar por um bom tempo."

Comparadas com a maneira de ser e de pensar da menina deste diálogo, a maioria das pessoas leva sua vida como quem dirige um automóvel, talvez cumprindo as regras de trânsito, mas passeando ao léu, sem destino certo. E, tal como Alice, vai acabar parando em algum lugar... raramente o melhor. Poucos se dão conta de que, com relação ao nosso destino, Deus nos deixou um roteiro bem claro: “buscai primeiramente o reino de Deus e o resto vos será dado por acréscimo”. (Mateus, 6/33). Entretanto, quem é que se preocupa com isso? Parece que todos só estão interessados naquilo que nos seria dado por acréscimo...

Outra boa pista sobre o roteiro a seguir na vida terrena nos foi indicada por Jesus. Disse ele “o meu reino não é deste mundo” (João, 19/36). E acrescentou: “o reino de Deus está dentro de vós mesmos”(Lucas, 17/21). Logo, o caminho indicado é o empenho para que esse reino desabroche em nossas vidas, através do estudo, da oração e da reforma íntima de que nos fala Allan Kardec: “Conhece-se o verdadeiro espírita pela sua reforma interior” (Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. XVII). Assim, estejamos certos de que a tão almejada felicidade não é uma estação de chegada, e sim uma longa viagem. Vamos sendo felizes à medida que avançamos na estrada da vida, corrigindo nossas imperfeições e distribuindo as luzes que já conseguimos alcançar. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário