quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Buscando e Encontrando


Boa noite Amigos


Que a paz de Deus esteja em nossos corações...


ila_rendered
Buscando e Encontrando






A busca de Deus deve constituir uma ação constante e motivadora para qualquer existência feliz.

As definições a respeito dEle, mesmo quando satisfaçam ao intelecto, não conseguem atender às imensas necessidades do coração.

Ao mesmo tempo, a interpretação racional da Sua Grandeza apenas oferece dimensão para que o homem compreenda a sua infinita limitação em torno da Transcendente Realidade, impossível de ser globalizada em uma síntese apreensível.

Quando se pretende explicar o Universo sem a necessidade de Deus, utilizando-se de equações que remontam à grande explosão, que seria a sua causa inicial, somente se constatam efeitos, porquanto as forças aglutinadoreas das moléculas têm as suas origens no insondável do tempo preexistente.

Sem que se apele para a Razão incausada, as fórmulas para solucionar o enigma do infinito perdem as potências, se não apoiadas na ação consciente de um Criador.

É humano e natural que a mente deseje interpretar o Incognoscível.

As tentativas, no entanto, têm resultado, somente, na apreensão dos limites, que se ampliam ante a percepção do que é limitado.

Todavia, quando se sente Deus, sem necessidade de O verbalizar intelectualmente, de O exteriorizar, basta para facultar o preenchimento do vazio interior.

Conceitos há, uns que O personalizam e outros que O liberam de toda e qualquer possibilidade de entendimento. As suas variações são inumeráveis, de acordo com cada povo, cultura e mente.

Não obstante, seja qual for a forma para externar a idéia, isso, na prática, deveria alterar em profundidade os indivíduos, sua conduta, sua vida.





Deus se encontra ínsito no ser humano, tanto quanto onipresente em todas as coisas.

Jazendo como uma força encarregada de fomentar a vida, aguarda que a vontade consciente do homem desenvolva as potencialidades que ali estão, exteriorizando-as, a fim de plenificar a criatura.

Vibrando no âmago do Espírito, é a força propulsora graças à qual este atinge a sua perfeição relativa.





Não cesses de buscar Deus, conscientizando-te das responsabilidades que advirão após o encontro.

Filho amado, dispões de todos os recursos para conseguires a meta sublime.

Esforçando-te, conseguirás desvelá-lO nos sentimentos profundos e apresentá-lO através de atos compatíveis com a felicidade que te dominará.

Enriquecido pelo Seu amor, distenderás a ternura e a bondade por todos quantos te cerquem, repetindo o júbilo que te domina, assim aquecendo as vidas com a esperança.





Deus te aguarde e enseja-te a oportunidade de entendê-lO e senti-lO.

Não te detenhas na busca, prosseguindo de ânimo robusto.

Buscá-lO, já é uma forma de encontrá-lO.





- Joanna de Ângelis & Divaldo Franco -

Livro: Momentos de Alegria.


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/meditacao-diaria/buscando-e-encontrando/#ixzz1bFmZvSox

Nenhum comentário:

Postar um comentário