segunda-feira, 3 de outubro de 2011

CADA UM É O QUE É

pic3
CADA UM É O QUE É
LEVAR A VIDA MUITO A SÉRIO, DESEJOSO DE QUE TODOS caminhem pelo ritmo de teus próprios passos, não admitindo que outros viajantes façam de sua caminhada aquilo que desejam, é perder-se num labirinto de inquietações e torturas.
Ao contrário, levar a vida a sério é justamente viver em harmonia com todos, aceitando cada um como é e conservando o bom humor em todas as situações. Isso é levar a vida a sério, porque é interpretá-la em seu verdadeiro sentido.
Ninguém pode fazer um molde para si e desejar que todos se vistam por ele, pois os corpos físicos são diferentes, assim como as mentalidades e o grau espiritual de cada um.
Vivamos nós o melhor que pudermos, no molde que traçamos, nos aprimorando todos os dias, dando sempre um toque de beleza e graça em nossa indumentária interior, e assim estaremos servindo de modelo para outros que, embora sendo diferentes, têm como nós o desejo de se aprimorar, ainda que alguns não se tenham apercebido disso.
Se cada um cumprir o seu dever amorosa-mente, não interceptando o caminho do outro, não ditando normas de conduta nem se exasperando, porque não correspondem os demais às suas expectativas ou aos seus pontos de vista, certamente seremos sempre bem recebidos, com atenção e carinho, no local em que penetrarmos, pois não desejamos obrigar ninguém a aceitar o nosso prato favorito. Com paciência faremos mais pela humanidade do que com intolerância e intransigência.
As normas de conduta variam muito, de acordo com o nível educacional, mental e espiritual. Sejam nossos amigos, filhos, parentes próximos, não temos o direito de deturpar-lhes o modo de ser. E se formos bons psicólogos e soubermos aproveitar as oportunidades que surgem, faremos como o escultor que, com um simples toque dos dedos, aprimora e embeleza a sua estátua. No entanto, não lhe tira nunca a forma original.
Cada um trouxe uma mensagem. Deixa que essa mensagem chegue ao seu destino sem interfe¬rência. Cada um deve lutar para conquistar a posição a que faz jus.
A imposição e a austeridade afrouxam o caráter, tirando-lhe a sua característica própria. Sê, pois, cons¬ciente. Não perturbes a caminhada dos teus irmãos, impondo-lhes que caminhem pelo ritmo de tuas passadas. Não leves a vida a sério assim nesse sentido. Leva-na a sério interpretando-a e vivendo-a tal qual ela é. Assim, colaborarás mais eficientemente na obra universal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário