segunda-feira, 3 de outubro de 2011

CONSERVA A CALMA

pic3
CONSERVA A CALMA
Quando estamos aflitos, com o coração pesado, a oração, remédio divino,nos confortará, renovando-nos o ânimo.
Quando estamos inquietos, atingidos em nosso íntimo por preocupações que não podemos externar, a oração é o diálogo secreto entre o nosso coração e Deus.
Nos momentos de prece, quando suplicamos, humildes, Jesus se torna à ponte através do Cristo da qual Deus nos escuta e atende.
A promessa eterna do Cristo nos anima e conforta. Ora, no segredo do teu coração.
Confiante, revela ao Pai a tua dor, mostra-lhe a face inundada de lágrimas e, se a tua súplica é sincera, Jesus, o Divino Amigo, secar-te-á as lágrimas.
Confia nele.
Não existe noite tão longa que não seja desfeita pela madrugada; não existe amargura tão intensa que a doçura do Cristo não modifique.
Nenhuma chaga ou ferida permanecerá aberta, se nela colocarmos o bálsamo da oração.
Conserva a calma, orando. Entrega-te confiante à sabedoria e ao amor dos Bons Espíritos.
O momento amargo passará, a noite escura findará, o pranto de dor secará, se, confiante, pedires a Jesus por ti e pelo que te aflige.
Nada necessitas prometer ou pedir que Ele já não saiba.
Persevera orando e pela ação contínua da prece benfazeja modificarás o quadro atormentado das tuas presentes aflições.
Nada é permanente, só o Cristo é Eterno.

Confia nele. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário