segunda-feira, 10 de outubro de 2011

À Mãe Cristã


O mundo será feliz 
quando a mulher, sem receio, 
abrir a porta da casa 
aos órfãos do lar alheio. 
(Irene Sousa Pinto)

Mãe feliz, aguça o ouvido 
ante os que vão sem ninguém... 
Cada pequeno esquecido 
é teu filhinho também.
(Rita Barém de Melo)

Não olvides que a criança, 
no caminho, vida a fora, 
vai devolver-te, mais tarde, 
o que lhe deres agora.
(Casimiro Cunha)

Mãezinha - planta celeste, 
anjo que chora sorrindo -, 
teu filho é a flor que puseste 
no ramo de um sonho lindo.
(Meimei)

Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Pai Nosso. 19 edição. Rio de Janeiro, RJ: FEB. 1999. 

* * * Estude Kardec * * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário