quinta-feira, 6 de outubro de 2011

NÃO PERCAMOS MAIS TEMPO


 
Amigos,
Quanto mais a rebeldia humana atinge cifras salientes, temos a sensação de que
maior é a misericórdia do Criador para com o gênero humano, permitindo a todos
ocasião de avaliar as tortuosidades e de tudo refazer.
Quanto mais a indiferença dos homens alcança níveis calamitosos, percebemos que
se faz mais ampla a generosidade do nosso Pai, facultandonos novas instruções
que nos chegam da Imortalidade Feliz.
Quanto mais se acrescem as dores terrestres, distribuídas nas faixas do corpo e da
alma, sentimos que mais o Coração dos Céus se enche de enternecimento pelas
criaturas, permitindo os progressos da farmacologia e o avanço da psicologia, a fim
de que ninguém se possa queixar de abandono e desespero pelos caminhos.
Quanto mais os passos da humanidade optam por roteiros contrários aos da Casa
do Pai, entendemos o quanto de piedade é derramado sobre nós, através dos
renovados convites e dos instantes apelos que nos são dirigidos das Alturas.
O tempo de agora, sem embargo, chama-nos a iniciar ou a prosseguir os nossos
esforços no sentindo de abrir mão das posições rebeldes, das atitudes de indiferença,
de modo a romper os vínculos com sofrimentos, francamente desnecessários, para
seguirmos conscientes e bem dispostos para o nosso destino espiritual, que é a 
integração com as luzes estelares, tornando-nos um com Jesus Cristo, como Ele
foi um com o Pai do Céu, após Seus roteiros de ángelica evolução.
Não nos cabe mais relegar o ensejo; não devemos mais procrastinar o dia da perene
claridade, que nos aguarda nas dimensões espirituais. O tempo de ventura e
crescimento para Deus precisa ser muito bem administrado por nós, os milenários
jornadeiros da evolução terrena, a fim de que não mais percamos essas preciosas
ensanchas de conquista da paz e da alegria, que a existência no mundo nos ofertam.
 
 
(Psicografada em 26.02.2006 por Raul Teixeira/Espí rito Luiz Carlos da Veiga)
 
 
******
 
- Qual é, então, a garantia mínima que possuímos ?
- Jesus Cristo, ! A certeza de que estamos, sinceramente, empenhados no Bem
  do Próximo é a nossa única garantia de relativa sanidade.
 
(Obra: Trabalhadores da Última Hora - Carlos A.Baccelli/Iná cio Ferreira)
 
 
******
 
AVE MARIA
Ave Maria cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.
 
******
 
PAI NOSSO
Pai nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.
 
JESUS

http://marcosianoski.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário