sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Pedras


Clique na imagem para ver mais sobre grãos de areia ampliados.
"O homem inteligente recebe as pedras da experiência e, ainda mesmo sangrando as mãos ou o coração, recolhe-as, cuidadoso, valendo-se delas para a confecção de utilidades..."

PEDRAS
Emmanuel
(Francisco Cândido Xavier)
 
As dificuldades de qualquer natureza são sempre pedras simbólicas, asfixiando-nos as melhores esperanças do dia, do ideal, do trabalho ou do destino, que recebemos na glória do tempo.
É necessário saber tratá-las com prudência, serenidade e sabedoria.
Há diversos modos de considerar os obstáculos, removendo-os ou aproveitando-os.
 
O preguiçoso recebe os calhaus da luta e estende-se no caminho, sucumbido ao seu peso. É o espírito desanimado, indolente e enfermiço.
 
O desesperado, em se sentindo sob os granizos da sorte, confia-se à intemperança mental e atira-os ao viandante inocente ou à porta de companheiros inofensivos. É o espírito indisciplinado, renitente e impulsivo, que sabe apenas ferir o próximo ou denegri-lo com atitudes impensadas ou levianas.
 
O homem inteligente, todavia, recebe as pedras da experiência e, ainda mesmo sangrando as mãos ou o coração, recolhe-as, cuidadoso, valendo-se delas para a confecção de utilidades ou para a construção de edifícios consagrados ao agasalho, ao reconforto ou à benemerência, em favor dele mesmo, e de quantos ao acompanham na marcha evolutiva.
 
Ninguém passará ileso nos caminhos do mundo.
As pedras da incompreensão e da dor, no ambiente comum da existência carnal, chovem sobre todos.
 
Do entendimento e da conduta de cada um dependerão a felicidade ou o infortúnio, na laboriosa romagem terrestre...
 
Do livro "Vida em Vida", Emmanuel (Espírito), Francisco C. Xavier (psicografia)
NOTA: O link abaixo contém a relação de livros publicados por Chico Xavier e suas respectivas editoras:http://www.institutoandreluiz.org/chicoxavier_rel_livros.html
 
 
 
PERGUNTA - Existe uma lei de progresso para a individualização química?
RESPOSTA - Na conceituação dos valores espirituais, a Lei é de evolução para todos os seres e coisas do Universo. As individualizações químicas possuem igualmente a sua rota para obtenção das primeiras expressões anímicas, sendo justo observarmos que, no círculo industrial, a individualização é trabalhada pelos processos mais grosseiros, até que possa ser aproveitada pelo agente invisível na química biológica, onde entra em novo circulo vital, na ascensão para o seu destino
.
Emmanuel
(Do livro "O Consolador", cap. I, questão 7, Francisco Cândio Xavier)
 

 
  CRÉDITOS:
Imagem: Grãos de areia ampliados mais de 250 vezes, por Gary Greenberg
Diretor do Laboratório de Microscopia 
e Microanálise
do Instituto de Astronomia na Universidade do Havaí (EUA)
Publicado na Folha de São Paulo
Arte digital com fundo: Lori
 
Ao repassar/republicar, favor conservar os créditos.
Exclusivamente para uso não-comercial.
By passing on /republish, please keep the credits.
Exclusively for non-commercial use.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário