quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

A Bênção da Alegria


Olá Amigos,


Que a paz do Senhor esteja em nossos corações.






A Bênção da Alegria






Um semblante jovial, em qualquer idade, cativa, reunindo as criaturas em sua volta atraídas pela claridade da alegria.

Uma expressão de face cordial inspira confiança e convida outras pessoas à convivência fraterna.

Um sorriso de júbilo, tranqüilo, renova a esperança de viver nos indivíduos que se deixaram debilitar, assim redescobrindo que é possível ser feliz.

A irradiação da alegria sem balbúrdia alcança outros corações que se mimetizam, reencontrando motivação para prosseguir na existência redentora.

A alegria é como um sol que modifica a paisagem em sombras, apresentando a beleza que se encontrava oculta.

Necessária para a vida, gera otimismo, e este produz estímulos e forças que dão resistência para os desafios que fazem parte da existência humana.

Mesmo quando, aparentemente, não haja razão para sorrisos, a felicidade por encontrar-se reencarnado, com excelentes oportunidades que acenam para o triunfo, motiva à alegria que deve permanecer no homem.







Quando a tristeza se instala nos sentimentos, a caminhada se faz mais penosa.

Com alegria, as distâncias a vencer parecem menos largas e os problemas a solucionar se tornam mais fáceis.

Alegria é presença de Deus no coração.







Coloca a cor da alegria na tua face, e as sombras da tristeza baterão em retirada.

Considera a luta e o sofrimento sob a luz da alegria, e as forças que pareciam entorpecidas pelas sombras dos desencantos assomarão, auxilindo-te a lograr a vitória.

Deixa que o fluxo do entusiasmo te vitalize todos os valores adormecidos, e eles despertarão para o grande embate que te plenificará.

Faze que, aqueles que choram ao teu lado, compartam das bênçãos da tua alegria.

Assegura-te do bem-estar que esparzes e não te detenhas, mesmo quando surjam os momentos graves na condição de testemunhos.







Com o pensamento ligado a Deus, a Fonte Inexaurível de onde haurirás os recursos superiores, mantém o clima de alegria.

Nada te impeça de manter-te feliz. Nem as enfermidades, nem as dores morais, nem as necessidades físicas.

Não permitas que o êxito te distraia na volúpia da presunção nem que o fracasso te magoe, derrubando-te no abismo da depressão.

Um e outro são acidentes que ocorrem, mas de permanência relativa.

A glória de hoje pode tornar-se a queda de amanhã.

A alegria, porém, em qualquer circunstância, deve tornar-se um acontecimento normal, constante, permanente e modelador da tua existência.







Na alegria sincera, que se exterioriza de ti, todos encontrarão a força da amizade alentadora, encarregada de proporcionar saúde e prosperidade.

Assim, torna-te um exemplo vivo, como se conduzisses uma tocha acesa iluminando os caminhos humanos.

Todos que estejam contigo, percebendo o teu natural regozijo se alegrarão, formando um grupo harmônico que alterará o ambiente social para melhor.

Desta alegria geral sairá o hino da bem-aventurança, sensibilizando quantos o ouçam e aspirem à felicidade.







Todo o Evangelho de Jesus é uma constante canção de alegreia, rica de esperanças e paz.

Medita nisso, pratica-o, e a tua existência se renovará, porque alegria é saúde e é vida.









- Joanna de Ângelis & Divaldo Franco, obra: Momentos de Alegria -


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/meditacao-diaria/a-bencao-da-alegria/#ixzz1fy3jSjnm

Nenhum comentário:

Postar um comentário