sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Cada Espírito é Filho de suas Próprias Obras



A alma sendo um princípio inteligente e dotado de poderes criadores no mundo terreno, é, por conseguinte, a confirmação da existência de Deus, do Seu grande poder realizador e da Sua incomensurável sabedoria no mundo divino, conforme se deduz das palavras do sublime Jesus.
A alma é luz imortal que alimenta o espírito encarnado, na sua existência pelo mundo material, onde aprende as primeiras letras da linguagem angélica e se torna responsável perante o próprio mecanismo da Evolução! É como a energia misteriosa que existe no seio da semente, capaz de produzir o gigantesco carvalho, assim que entre em contato com a terra! O espírito do homem é portanto a divina centelha ligada ao Espírito Cósmico de Deus, que através da natureza física, depois de inúmeras existências de trabalho, aprendizado e purificação, consegue realizar a sua própria grandeza e ser digno de existir!
Cumprindo os propósitos determinados pelo Criador, o homem deve aplicar toda a sua vontade, a fim de resolver em si mesmo os problemas que a vida humana lhe apresenta para a própria ventura terrena. Graças à inteligência que favorece os raciocínios que provêm do próprio Deus, o homem tem obrigação de conhecer quais são os recursos mais respeitáveis que sempre lhe oferecem a ciência da vida. Cumpre-lhe estudar sempre esses recursos que apuram a sua intimidade espiritual, aceitando, também, todas as dores e angústias, como valiosa contribuição para a mais breve libertação da matéria.
No aproveitável curso das contínuas reencarnações nos mundos físicos, o espírito também fica conhecendo quão importante é a contribuição da matéria para a sua desejada felicidade! Em vez de obstáculo ou apenas motivos de aflições injustas, o corpo carnal é divina oportunidade de aprendizado espiritual; é devido à sua completa submissão aos pensamentos e desejos do espírito que a própria figura do homem animalizado se transforma pouco a pouco, na configuração do anjo venturoso! O sentimento superior, a capacidade de renúncia, o exercício da caridade e o estado de ternura, que são as qualidades exigidas para o homem superior, só podem ser conseguidos através das vidas sucessivas, que são efetuadas mediante a contribuição da matéria.
É por isso que o espírito encarnado nunca deveria execrar o mundo material, porque este é que lhe concede os recursos educativos para se transformar em cidadão celestial e adquirir as qualidades angélicas e as virtudes que se derivam dos corações plenos de Amor? Por que, como disse o Sublime Jesus: "Só pelo amor será salvo o homem".
A matéria é ainda o servo ideal para que se desenvolva a inteligência e se apure a qualidade de sentimento; as forças adormecidas no seio da alma, despertam em seu potencial criador e terminam ensinando a distinção importante do bem e do mal, da luz e da sombra, e da angelitude e da animalidade! Assim, ficam esclarecidas as leis eternas de Causa e Efeito, e o espírito compreende qual é o caminho verdadeiro para mais breve ser feliz e consciente.
Sendo o corpo humano sede de todas as sensações da alma reencarnada, oferece a mais variada série de aspectos e configurações provisórias, sem que por isso desapareça a unidade espiritual interior. Há grupos de criaturas formosas, sadias e felizes; há homens deformados enfermos e tristes, que inspiram piedade ou repulsa; há seres provindos de todos os climas físicos, que são pretos, amarelos, brancos ou vermelhos! No entanto através da multiplicidade de aspectos físicos e condições dolorosas, a Justiça e a Bondade do Criador ensina o espírito a realizar o seu venturoso destino e a ser digno de mérito de sua própria edificação angelical.
Eis, porque, só servindo e amando, no reconhecimento da Justiça e Bondade do Criador e da Lei Superior da vida espiritual, é que se faz o despertamento do anjo, que mora no coração de todos os homens. Quanto mais extenso for o nosso amor para as demais criaturas, também será mais extensa a esfera do Amor de Deus para conosco!
Em virtude da terrível significação da hora atual, em que os tempos já chegaram para a grande seleção profética entre os “bons” e os “maus”, o “joio” e o “trigo”, os "lobos" e as "ovelhas", só pelo amor incondicional a tudo e a todos, poderão ser superadas as trevas da maldade e vencidas as paixões perigosas do instinto inferior! O amor Sublime ensinado e vivido pelo amado Jesus, como a síntese eterna de todas as virtudes da alma, é que realmente significa a salvação das criaturas subjugadas pelo mundo da carne.
E com Jesus ainda devemos repetir, novamente: "Só pelo amor será salvo o homem!"
Paz e Amor
Frei Rogério


http://www.temploespiritatupyara.org.br/index.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário