domingo, 10 de junho de 2012

Briga de Energia


ila_rendered
Briga de Energia



Por que você espera tanto dos outros?
Por que dá tanta importância para o que eles dizem? Não ligue.
As pessoas fecham a cara hoje e amanhã abrem.

Toda vez que você recebe uma ofensa, o ofensor se sente vitorioso.
Toda vez que você rejeita uma ofensa, a energia volta para a pessoa que a ofendeu.
Ela sofre o impacto da própria energia, se arrepende do que fez e então muda.

A única maneira de se defender nesse mundo é não aceitar nenhum desaforo.
A pessoa fez desaforo? Não estou nem ligando.
Fez-me mal? Pode fazer.
Quis-me mal? Pode querer.

Assim, a gente vai deixando todo o mal lá fora, não aceita nada e não entra nada.
O que acontece?
A energia volta para a pessoa. E, dai a pouco, ela vai se sentir culpada.
Então, se arrepende do que fez e vai pedir desculpas.

Mas se a pessoa é rude e indelicada e a gente se magoa com aquilo, guarda aquela energia, ela se sente vitoriosa.
Na verdade, ela não está querendo ofender, mas exercer seu poder de se sentir superior. Olha para você como inferior a ela, porque você se põe de inferior.

E por que você se sente inferior?
Porque você parece uma lata de lixo que pega toda a porcaria que os outros mandam. Leva a sério tudo quanto é desaforo, tudo quanto é besteira.

Mas se você não pega, dá de ombros e diz:
- É a pessoa que está criando essa energia ruim de antipatia e não vou pegar. Vai ter que engolir o que ela mesma está criando.
Aí, minha filha, tudo muda.

Estou ensinando como se defender da briga de energia, do jogo do poder.
Se você ganhar, tem que ser mais forte que o outro. Senão, você vai perder...





Calunga
(Luiz A. Gasparetto, texto do livro: Um dedinho de prosa.)



Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/meditacao-diaria/briga-de-energia/#ixzz1xRFJl8PN

Nenhum comentário:

Postar um comentário