sexta-feira, 22 de junho de 2012

Caridade



Use o tostão que sobra
E que em nada te aproveita,
Dar sempre é exemplificar
a caridade perfeita!
Caridade é, muitas vezes,
Fazer-se sempre o menor,
Está na luz da Humildade
A caridade melhor.
Caridade é perdoar
A quem te causa uma dor
É converter todo o espinho
Numa braçada de flor.
Caridade, enfim, na Terra
É buscar a perfeição,
A perfeição de si mesmo
No templo do coração.

Xavier, Francisco Cândido. Pelo Espírito Casimiro Cunha. Psicografado por Francisco Cândido Xavier, na sede da União Espírita Mineira, em 1938. 

* * * Estude Kardec * * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário