segunda-feira, 18 de junho de 2012

SER ESPÍRITA


SER ESPÍRITA

 Já se foi o tempo...

  Que o espirita se omitia frente a emitir suas convicções filosóficas e doutrinárias. Muitos de nós tínhamos medo, não queríamos nos expor... Como sempre em um núcleo de discussão religiosas somos sempre a minoria...

  Na maioria das vezes o silencio nos vencia... Tínhamos receio do deboche... De ser chamados de "macumbeiros"... De ignorantes... Debulhavam mil citações bíblicas... Que se não estava determinado conceito escrito na bíblia ele era falso... E na maioria das vezes nós espiritas não somos exímios conhecedores da bíblia... Perdíamos e feio nas discussões mais acaloradas...

Aprendi com o tempo como lhe dar com estas situações...

  Primeiro: Deixo declarado claramente a minha religião: Sou espirita. Ao colocarmos assim a discussão vai para o lado das convicções sem jamais ter o intuito de mudar a religião de ninguém.

Segundo: Evito discussões com grupos volumosos, isto costuma virar tumulto.

Evito discussão de vários temas polêmicos simultaneamente.


Se vier discussão com argumentos bíblicos, deixo bem claro, que tenho minhas restrições quanto a este livro, e coloco os meus motivos do porquê das minhas restrições, e procuro colocar as passagens que acho conflitantes, porém deixo claro que admiro e muito a questões filosóficas do Cristo, APENAS discuto os dogmatismos.

Terceiro: Se a discussão se tornar acalorada, dê por encerrada a conversa.

Quarto: Não desqualifique nenhuma uma religião.

Quinto: Nunca grite... Isto é um sinal de que esta se perdendo na sua argumentação.

  Sexto: Calma, Equilíbrio, palavras bem articuladas... Simples na forma de se colocar... Ai mesmo aqueles que não concordarem com seus argumentos verão na sua forma de conduzir a discussão que você é um ser equilibrado e digno de ser ouvido e respeitado.

  Sétimo: Sempre que possível no final do diálogo deixe uma mensagem... De esperança... Que se hoje a humanidade caminha por várias religiões... No fundo a estrada é só uma. DEUS... O que muda  é a maneira de caminhar.

PODE ESTE TEMA NÃO TER IMPORTÂNCIA...

MAS NÃO CABE MAIS AO ESPÍRITA ACANHAMENTO E OMISSÃO.

PAZ E LUZ

NR) Fonte: Kardec Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário