sexta-feira, 20 de julho de 2012

Fé e Dons de Curar


e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar...
 é uma faculdade de origem divina; ela é imanente no ser, mesmo o ateu a possui. Porém, ela existe em graus diversos tantos quantos são os estados evolucionais das criaturas. Parafraseando Léon Denis, ela dorme na pedra, sonha na planta, agita-se no animal e desperta no homem; e vamos mais além, acha-se plena no anjo.
Paulo diz que ela é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não veem.1
Aquele que tem o dom de curar tem fé relativa ao seu ministério, porém o que tem fé como conquista da alma tem um dom ainda mais fantástico, o de não adoecer jamais.
Há Espíritos que trazem pela palavra, a . São mensagens que de acordo com a ressonância que encontra na criatura rende seus frutos. Naqueles em que ela ainda não despertou, a palavra nem sequer é entendida, são os imaturos para as questões espirituais. Há por sua vez aqueles que ouvindo não fazem ainda conexão com suas possibilidades mais profundas, nestes ela promete frutos, porém não vingam. Há ainda aqueles que ouvindo compreendem, mas os apelos do mundo e de sua transitoriedade sufocam toda possibilidade positiva na raiz, e os frutos ainda ficam para outras estações. Mas aqueles que já há possuem em condições de produzir, e seja, pela faculdade da razão ou da intuição, da justiça ou do amor, fazem com que os frutos superabundem , pois quando em conexão com o Eterno a fé pode realizar maravilhas.
E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar... Os dons de curar também são amplos na criatura. Essa é uma mediunidade que todos possuímos, pois qualquer um de nós pode, através da boa vontade e do preparo adequado, aplicar passes e este dom é, sob a orientação dos Espíritos superiores, valioso instrumento em que os prepostos do Senhor utilizam para minorar os sofrimentos e curar fisicamente aqueles que para tal se acham preparados.
Jesus através deste recurso despertou muitos para a cura definitiva; seus primeiros discípulos da mesma forma também fizeram; nós também, segundo as próprias orientações do Senhor, podemos. O que estamos aguardando?
Não esqueçamos o que disse o apóstolo a seus seguidores da cidade de Corinto:
… e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário