segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Questões 207 a 210 - Parecenças Entre Pais e Filhos Respostas dos guias espirituais para Allan Kardec no Livro dos Espíritos.




207. Freqüentemente, os pais transmitem aos filhos a parecença física. Transmitirão também alguma parecença moral? 

"Não, que diferentes são as almas ou Espíritos de uns e outros. O corpo deriva do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito. Entre os descendentes das raças apenas há consangüinidade. " 

207a. Donde se originam as parecenças morais que costuma haver entre pais e filhos? 

"É que uns e outros são Espíritos simpáticos, que reciprocamente se atraíram pela analogia dos pendores." 

208. Nenhuma influência exercem os Espíritos dos pais sobre o filho depois do nascimento deste? 

"Ao contrário: bem grande influência exercem. Conforme já dissemos, os Espíritos têm que contribuir para o progresso uns dos outros. Pois bem, os Espíritos dos pais têm por missão desenvolver os de seus filhos pela educação. Constitui-lhes isso uma tarefa. Tornarse-ão culpados, se vierem a falir no seu desempenho." 

209. Por que é que de pais bons e virtuosos nascem filhos de natureza perversa? Por outra: por que é que as boas qualidades dos pais nem sempre atraem, por simpatia, um bom Espírito para lhes animar o filho? 

"Não é raro que um mau Espírito peça lhe sejam dados bons pais, na esperança de que seus conselhos o encaminhem por melhor senda e muitas vezes Deus lhe concede o que deseja." 

210. Pelos seus pensamentos e preces podem, os pais atrair para o corpo, em formação, do filho um bom Espírito, de preferência a um inferior? 

"Não, mas podem melhorar o Espírito do filho que lhes nasceu e está confiado. Esse o dever deles. Os maus filhos são uma provação para os pais." 

KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. 76.ed. Rio de Janeiro, RJ: FEB, 1995. 

* * * Estude Kardec * * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário