quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Trabalho Além da Terra


ila_rendered



























Trabalho Além da Terra

Livro: Mediunidade e Sintonia - 13
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier




        Além da morte, a alma conti­nua naquilo que começou a fazer na existência física.

        E em razão de cada criatura trans­portar consigo a experiência a que se afeiçoa, a Sabedoria Divina concede a cada espírito encarnado determinada tarefa, que, na essência, vale por ensaio precioso, à frente do serviço que lhe competirá no amanhã eterno.



* * *


        Vemos, na Terra, diversificar-se o trabalho: Esse ensina.

        Aquele dirige.

        Aquele outro obedece.

        Aqui, possuímos quem edifique.

        Além, há quem cure.

        Adiante, há quem esclareça.

        Entretanto, se o professor apenas faz jus à remuneração financeira, não terá conquistado o santuário da educação.

        Se o dirigente foge à exemplificação e à nobreza íntima, não terá conhecido a verdadeira autoridade.

        Se o cooperador subalterno menos­caba a atenção para com o bem comum, viverá muito longe do prazer de servir.

        Se quem levanta paredes e monu­mentos cinge-se apenas ao interesse par­ticular, não terá percebido a beleza da construção.

        Se quem alivia as dores humanas procura simplesmente o lucro fácil, de­certo desconhecerá o divino templo da cura.

        E se quem esclarece foge ao devota­mento e à serenidade, preferindo localizar-se entre a exigência e a aspere­za, não acenderá no caminho a luz do amor.



* * *


        Não olvides que as tuas atividades, fora do corpo denso serão sempre a con­tinuação daquilo que fazes por dentro de ti, obedecendo ao próprio coração.

        Não basta erguer braços ágeis, deitar fraseologia preciosa ou provocar excessivo movimento em torno de teus dias, porque há muitas mãos operosas na extensão da sombra, muito verbo faustoso na exploração menos digna e muito ruído vão, provocando, onde existe, tão-somente amargura e cansaço.

        Ama o serviço que o Senhor te confiou, por mais humilde que seja, e oferece-lhe as tuas melhores forças, porquê do que hoje fazes bem, no proveito de todos, retirarás amanhã o justo alimento, para a obra que te erguerá do insignificante esforço terrestre para o trabalho espiritual.


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/meditacao-diaria/trabalho-alem-da-terra/#ixzz25d5u90sX

Nenhum comentário:

Postar um comentário