domingo, 23 de dezembro de 2012

Feliz Natal




Natal Feliz! Harmonias
Ressoam no céu aberto. 
A paz é luz que vem perto, 
Estrela oculta a brilhar!... 
Comoventes melodias,
Anseios renovadores, 
Alegrias, esplendores
No mundo familiar.

Cada expressão do caminho
Revela ternura imensa,
Retorna o clarão da crença,
Sublime, confortador. ..
É a pastoral do carinho,
Por mil vozes inocentes
Mensagens, flores, presentes,
Transitam plenos de amor.

Explodem brindes à mesa
No louvor que tumultua,
Vertem cânticos da rua,
Sempre música a surgir...
Em cada prece a beleza
Fulge nas almas do povo
Que espera o sol do porvir.

Há convite, onde apareças,
Ao prazer que vibra em casa,
Todo júbilo extravasa
Em profunda exaltação.
Entretanto, não te esqueças
De que o Natal doce e brando
É sempre Jesus chamando
Às portas do coração.

Pelo Espírito Irene S. PintoXAVIER, Francisco Cândido. Os Dois Maiores Amores. Espíritos Diversos. GEEM. 

* * * Estude Kardec * * *


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


O Nome de Jesus


Natal é a luz de Deus que nos alcança, 
Em casa, triste mãe exclama, reverente: 
"Jesus, salva meu filho infeliz e doente, 
Em Ti, Senhor, é a nossa última esperança!... "

De vizinha mansão, ouve-se voz pungente: 
"Jesus, rogo socorro!... Sei que a morte avança..." 
"Jesus, cura meu pai!..." - dizia uma criança, 
Mostrando o coração terno e inocente.

Um Juiz, num salão, consulta um livro e pensa: 
"Que faria Jesus, lavrando esta sentença?..." 
Jesus!... -Um nome só, em milhões de louvores!...

Pastor, que Deus nos concedeu para milênios!... 
Natal é a gratidão ao mais sábio dos gênios, 
Que nos conduz à paz e afasta as nossas dores.

Xavier, Francisco Cândido. Pelo Espírito Maria Dolores. Soneto recebido pelo médium Francisco Cândido Xavier, pela mediunidade auditiva, em Culto do Evangelho no Lar, em sua residência, na noite de 5 de setembro de 1996, em Uberaba, Minas Gerais. 

* * * Estude Kardec * * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário