segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

No limiar da eternidade


ila_rendered

No limiar da eternidade



Viver é algo que ainda não compreendemos na senda da eternidade da criação. Deus cria como se algo saísse do seu próprio corpo, como um facho de luz. Esse processo é constante, eterno e não temos ideia quando essa criação vai parar. Achamos que a criação Divina é para sempre e na nossa pequena compreensão dessa emanação de luz que dá vida, não tem fim, nem no nosso mundo nem na imensidão do universo. Emana vida de Deus, Ele é uma fonte viva de vida.

O homem dentro do seu orgulho e ignorância, muitas vezes se acha conhecedor da verdade. Tenta imaginar Deus dentro do seu próprio mundo, pequeno e bastante curto, dentro de uma margem circunscrita de espaço que só ele é capaz de imaginar.

Os grandes pensadores tentaram racionalizar o Divino dentro de um pensamento matemático ou científico. No entanto, àquele que usou a sensibilidade e transformou seus pensamentos em atos, praticando o amor, como foi o caso de Jesus, esse sim chegou mais próximo da compreensão de Deus. Não por dizer que era um representante direto da Divindade, mas porque recebeu através dos mensageiros Divinos, as informações que precisava. Através do trabalho com as criaturas e do amor que praticava, emanava do corpo de Jesus, fluido salutar que atingia aqueles que precisavam curar suas feridas do corpo ou da alma. Eram os fluidos divinos de amor que emanava do Cristo de Deus, transformando-se em lenitivo e remédio necessário para cada pessoa que dele se aproximava.

Conhecer Deus não está dentro de um conceito, dentro de um pensamento ou em qualquer filosofia ou religião. Conhecer Deus está na capacidade, acima de tudo, de conhecer, praticar e buscar apreender e aprender o que é Amor.

A palavra Amor vem da necessidade do outro. Aquilo que preenche o meu próximo, dentro das necessidades que ele tem, renunciando as nossas próprias necessidades. Amor é reconhecer no outro que a vida só é possível existir, se houver o outro. Sem o outro, jamais viverei e jamais conseguirei entender o amor, porque não terei como praticá-lo e exercitá-lo para chegar à compreensão da Divindade.

O planeta Terra hoje possui na sua erraticidade, milhões de Espíritos e o caminho para o renascimento é longo e muitas vezes penoso, porque o planeta está compreendido numa atmosfera de dor e sofrimento proveniente da ignorância dos que aqui precisam nascer. É um lugar que serve de escola, hospital, presídio. É um lugar de aprendizado, acima de qualquer coisa.

Tudo que aqui relatamos, sabemos que já foi dito. Encontra-se dentro dos tratados de filosofia e, principalmente, já foi explicado pela Ciência Espírita, mas ainda precisamos voltar sempre a esses assuntos e martelar o aprendizado, alertando. E começamos por nós, buscando o entendimento, não somente de Deus, mas, principalmente, da vida. Não a vida que vivemos no corpo que pouco compreendi, mas precisamos tentar entender a vida após a morte, esse é o grande segredo da liberdade. Sabemos que ainda temos um caminho longo a percorrer, mas, também, por mais incrível que possa parecer, temos visto Espíritos aqui encarnados que nem sabe em qual lado está. Às vezes imaginamos que quando chegarmos ao mundo espiritual, será fácil distinguir toda essa visão fluidica de comportamento e necessidades. A Doutrina dos Espíritos tem na sua essência toda essa possibilidade de compreensão. Os Espíritos de Deus, além de trazerem o Codificador e seus mensageiros, trouxeram também, os seus continuadores. E estes, trouxeram a Filosofia Espírita de modo mais acessível. Allan Kardec, comandante-em-chefe desta falange de Espíritos que aqui vieram para provar o mundo espiritual e a continuação da vida após a morte, não foi ainda suficiente para o entendimento das pessoas. Deus enviou outro, como fez com Paulo. o apóstolo. Se não fosse a tenacidade de Paulo, talvez, quem sabe, o Cristianismo não tivesse tido tanta penetração em sua época. Allan Kardec, o Codificador, o orientador dessa falange de Espíritos está até hoje ao lado do Mestre comandando o rumo e o caminho da evolução humana. O seu trabalho continua firme e forte e, no futuro, talvez, veremos acontecimentos que nem mesmo as ciências conseguirão encontrar respostas, nem a filosofia com toda sua postura questionária enxergará o que acontece dentro da sensibilidade e racionalidade humana. Efeitos nunca vistos na Terra ainda acontecerão e cairá por terra toda mistificação e crendices criadas pelas nossas necessidades ao longo dos séculos.

O trabalho de Allan Kardec para muitos se encerrou, ledo engano, nem mesmo começou. O grande professor que foi aí na Terra, estará à frente dessa batalha de renovação dentro da senda infinita da compreensão humana. Só Deus e Jesus sabem quais os caminhos que ele pre-tende tomar como um dos maiores condutores desse Planeta, no qual vivem em seu habitat, bilhões de Espíritos esperando para aprender com as experiências da vida, material e espiritual.

O Amor tem vários caminhos, o Amor tem nuances intermináveis e infinitas dimensões de realidade e sentidos que só o coração pode descobrir. Os grandes trabalhadores do Universo e do mundo no qual habitamos, descobriu nesse limiar para a eternidade a essência do Amor.

O Amor para nós, na senda infinita da vida, não significa nada por não compreendermos nem mesmo a vida. O primeiro momento para compreender Deus, tem que primeiro compreender suas criaturas como nós mesmos, como foco principal dessa compreensão.
Agir fora desse caminho, jamais levará a compreensão de Deus. Enquanto não compreendermos o outro, não sairemos do caminho do sofrimento, da angústia e da solidão. Só o Amor e Deus se fundem numa mesma essência e essa essência está dentro de cada um de nós. Basta que comecemos a procurar dentro do trabalho laborioso no caminho do bem, usando sempre a máxima do Cristo:

“Fazei ao outro o que quereis para ti”.

Que Deus continue nos abençoando e esclarecendo nossas mentes para um caminho melhor. O caminho do Amor.


Netúlius

(Página mediúnica recebida pelo médium Alcioli Santos.Recife-PE, 14.10.2009). 


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/meditacao-diaria/no-limiar-da-eternidade/#ixzz2HIDejs7M

Nenhum comentário:

Postar um comentário