sexta-feira, 31 de maio de 2013

Reencarnação


Reencarnação


  O que é a Reencarnação? Para que serve?

  Reencarnar é voltar a viver num novo corpo físico. É uma nova oportunidade de aprendizado, como prova do amor de Deus para seus filhos.

Só através da reencarnação se prova a justiça e a bondade de Deus, pois é a única explicação racional para as desigualdades sociais existentes no mundo.

—  Como explicar o fato de crianças que morrem em tenra idade, enquanto outras criaturas vivem quase 100 anos?
—  Como explicar os que nascem com saúde perfeita, enquanto outros nascem com deficiências físicas grosseiras?

Somente a reencarnação nos dá a chave desse "mistério".

Com as múltiplas experiências na carne, temos a chance de adquirir e aprimorar conhecimentos que ainda nos faltam nos campos do intelecto e da moral.

Além de reatar as amizades com nossos inimigos e reparar erros do passado. Quando estivermos evoluídos moral e intelectualmente, não mais necessitaremos reencarnar.

  Quantas reencarnações tivemos e teremos?

  Não se pode precisar o número de reencarnações que uma pessoa já teve, pois isso depende do estado evolutivo em se encontra o Espírito.

Uns evoluem mais rápido por seu maior esforço, portanto necessitam de passar menor número de vezes na carne, outros são mais lentos permanecendo mais tempo no mundo de sofrimentos.

Tudo dependerá de nós. Quanto mais rápido progredirmos moral e intelectualmente, menos encarnações teremos que sofrer. Quando nosso Espírito tiver alcançado todos os graus de evolução moral e intelectual, seremos Espíritos puros. Um exemplo de Espírito puro é o Mestre Jesus.

  E quando chegarmos à perfeição, o que faremos?

  Seremos encarregados de cumprir os desígnios de Deus, colaborando com a manutenção da ordem universal e transformando-nos em Seus mensageiros nos mais diversos mundos habitados.

O trabalho nunca acabará, pois a criação divina é incessante e há diversos mundos em faixa de evolução diferentes. Os Espíritos fazem parte do conjunto de inteligências que governam o Universo, mas, em termos de existência, estão ligados a Deus assim como as folhas em uma árvore.

  O Espírito sempre reencarna no mesmo sexo?

  Não, pois o Espírito necessita vivenciar as experiências específicas aos dois sexos, como aprendizado para seu aprimoramento moral e intelectual.

A escolha de cada sexo, depende da prova ou expiação que se deve passar. Não é verdadeira a ideia de que a cada encarnação o Espírito mude de sexo. Às vezes, vive diversas vidas com um mesmo sexo, para só depois situar-se em outro campo da sexualidade.

Também não é correto o pensamento de que a homossexualidade é produto da mudança de sexo do Espírito antes da sua encarnação. O homossexual é um ser em desequilíbrio moral ou vivencia uma vida resgatando um passado delituoso.

  Por que não nos lembramos das nossas vidas passadas?

  O esquecimento temporário das vidas passadas é uma necessidade. Não devemos nos lembrar das vidas passadas enquanto estamos encarnados, e nisso está a sabedoria de Deus.

Se lembrássemos do mal que fizemos ou dos sofrimentos que passamos, dos inimigos que nos prejudicaram ou daqueles a quem prejudicamos, não teríamos condições de viver entre eles atualmente.

Pois, muitas vezes, os inimigos do passado hoje são nossos filhos, irmãos, pais e amigos, que, presentemente, se encontram junto de nós para a reconciliação. Por isso a reencarnação é uma bênção de Deus para seus filhos.

As lembranças de erros passados certamente trariam desequilíbrios de toda ordem, uma vez que estamos muito mais perto do ponto de partida do que do ponto de chegada, em termos de caminhada evolutiva.

Depois de desencarnado, normalmente nos lembramos de parte desse passado, conforme o grau evolutivo em que nos situamos.

  A reencarnação em nosso atual estágio evolutivo pode ser obrigatória, mesmo quando o Espírito ainda não se sinta pronto para reencarnar? Em caso positivo, como fica o livre-arbítrio?

  O livre-arbítrio aumenta na medida em que o Espírito evolui. Assim, um Espírito ainda primitivo tem o livre-arbítrio limitado e sofre reencarnações compulsórias, ou seja, obrigatórias para seu crescimento.

O Espírito de evolução mediana tem o livre-arbítrio relativo à sua evolução, porém não poderá ficar indefinidamente no plano espiritual a pretexto de não ter condições de reencarnar.

Neste caso, poderá ser obrigado a isto para seu próprio bem. 


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/psicologia-espiritismo/espiritismo-a-pergunta-que-nao-quer-calar/#ixzz2UsdEZOgw

Nenhum comentário:

Postar um comentário