segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Maria

Nova publicação em Centro Espírita Amor e Caridade Santarritense

Maria

by ceacgallo
Maria_n
DIA DE MARIA, NOSSA SENHORA... enfim, mãe de Jesus.
Maria, a mãe de Jesus, tem tantos títulos: Mãe de "Deus", Virgem Maria, Santa Maria, Nossa Senhora, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora Aparecida...
Todos eles se referem à mesma pessoa, àquela que deu à luz o Filho de Deus, Jesus Cristo. Ao mesmo tempo cada título tem por trás uma particularidade e exprime diversas experiências de relação com a Mãe de Jesus.
Quando dizem "Nossa Senhora das Graças" falam de Maria como alguém que intercede por nós junto a Deus, pede pelas nossas necessidades.
Se usam "Nossa Senhora Aparecida" tem em mente a "Maria dos pescadores" cuja imagem foi encontrada no rio em São Paulo e se encontra no santuário de Aparecida.
Se usam "Santa Maria", referem-se a santidade dessa mulher que deu a luz a Cristo.
Se dizem "Nossa Senhora" exprime-se um carinho por ela.
---- QUEM É MARIA PARA OS ESPÍRITAS? ----
Em princípio vamos relembrar Chico Xavier, um nome extraordinário que Deus nos privilegiou em fazê-lo encarnar em nosso País e que serviu para todos nós como um exemplo de amor.
Chico sempre se dirigiu a Maria com muito respeito, carinho, afeto e devoção. Nunca deixou de ser espírita por causa disso, muito menos de ser médium.
Nunca deixou de ser fiel a Kardec, mesmo porque o seu espírito orientador, o Emmanuel, que fora padre em encarnação passada, fez questão de orientá-lo nos primeiros momentos da relação de ambos, quando lhe deu conhecimento da obra que seria passada ao mundo pela sua mediunidade: 
“Se eu lhe passar algum conceito que lhe deixe alguma dúvida, fique com Kardec”.
Só que no movimento espírita você não encontra, ou encontra muito raramente, esse respeito e consideração a Maria, como Chico teve e como ela merece.
Para nós espíritas ela foi aqui na Terra, Maria a mãe de Jesus.
Hoje, é um espírito que continua a trabalhar na Seara do Senhor, não mais como mãe, mas como irmã de Jesus e de todos nós, já que aprendemos que somos todos filhos de Deus, e aqui na Terra nós não “somos” mães, filhos, netos, etc., nós “estamos” por um breve tempo desempenhando tais papéis.
Podemos ter grande admiração e respeito a este espírito que aceitou a missão de receber o maior espírito que o planeta Terra já recebeu: JESUS.
Não precisa ter idolatria nem reverências exageradas, mas sim um respeito a um espírito que há mais de dois mil anos esteve aqui, na condição de mãe do próprio Jesus.
DE QUEM É A IMAGEM DO POST? 
É de Maria, ditada por Emmanuel ao pintor Vicente Avela através da mediunidade de Chico Xavier.
Em uma rápida entrevista, Chico frisou que a fisionomia de Maria é tal qual Ela é conhecida quando suas visitas às esferas espirituais mais próximas e perturbadas da crosta terrestre; 
como a Legião dos Servos de Maria que agem na instituição em amparo aos suicidas que está detalhado no livro Memórias de um suicida.
-fonte:
-Grupo de Estudos Allan Kardec-
ceacgallo | 13/10/2013 às 1:14 AM | Categorias: artigos | URL:http://wp.me/s1hFkH-maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário